Documentários: The Photographer Series; de John Spellos

A fotógrafa Scout Tufankjian parabeniza o diretor John Spellos e a fotógrafa Amy Arbus após a exibição da premiere do documentário sobre Amy Arbus. O documentário foi dirigido e produzido por Spellos e sua produtora "Anthropy Arts".

A fotógrafa Scout Tufankjian parabeniza o diretor John Spellos e a fotógrafa Amy Arbus após a exibição da premiere do documentário sobre Amy Arbus. O documentário foi dirigido e produzido por Spellos e sua produtora "Anthropy Arts". Foto: Roger H. Sassaki

Recentemente, por conta da cobertura fotográfica que fiz do festival de fotografia SP Photo Fest, tive a oportunidade de conhecer o diretor e produtor americano John Spellos. Ele foi uma das atrações internacionais e levou seu documentário On The Street sobre a obra da fotógrafa Amy Arbus para ser projetado no auditório do MIS em caráter de premiere mundial! Este documentário merece por si só um artigo só sobre ele (que não é esse!).

Spellos foi também mostrar e falar sobre uma interessante série de documentários que vem produzindo através de sua empresa Anthropy Arts, chamada de The Photographer Series (A Série dos fotógrafos). Por enquanto são três volumes, com mais por vir, inclusive sobre a Amy Arbus.

Cada volume segue o mesmo formato em três partes:

  • Documentário principal. Sobre o fotógrafo e sua obra, com comentários de outras pessoas.
  • Comentários do fotógrafo sobre suas obras. Acho sempre muito interessante ouvir do fotógrafo a concepção de suas obras
  • Bônus. Aqui cada fotógrafo ensina alguma técnica fotográfica. Muito interessante também!

Os volumes disponíveis até a data desse artigo são:

Keith Carter
O fotógrafo trabalha principalmete com câmeras de médio formato porém de uma forma simples. Usa uma lente 80mm para fotos “normais” e uma lente modificada que emula o desfoque característico do uso de báscula, técnica comum em grandes formatos. Ele consegue fazer um trabalho autoral incrível apenas com a vida próxima a sua casa. No bônus, ensina como fazer viram de selênio e como tingir uma cópia, no caso, com chá! Ver Trailer
Debbie Fleming Caffery
A fotógrafa americana fala sobre seus trabalhos de documentação dos cortadores de cana-de-açúcar, dos bordéis mexicanos e da vida em Nova Orleans após a passagem do furacão Katrina. É muito interessante para quem gosta de um fotojornalismo mais investigativo e autoral. No bônus, ela se aprofunda na discussão de seu processo criativo. Ver Trailer
Dan Estabrook
O fotógrafo trabalha com processos históricos da fotografia para fazer seu trabalho extremamente autoral, com misturas de desenho e pintura. Ele faz releituras de temas e estilos fotográficos do início da fotografia com uma linguagem bastante interessante. No bônus, ele ensina a fazer cópias em papel salgado. Muito legal! Ver Trailer

Achei muito inspirador assistir aos documentários. Me fez pensar e ter idéias sobre o rumo da minha carreira. Apesar dos fotógrafos trabalharem pouco ou nada com processos digitais, eles comentam a nova tecnologia de forma ponderada. Recomendo a todos os fotógrafos que procuram por novas idéias de linguagem.

Infelizmente, os documentários são importados e não possuem legendas em português, aliás nem em inglês, a língua falada. Não sei se alguma loja aqui do Brasil está trazendo os DVDs, acho pouco provável. Porém é possivel encomendá-los diretamente pelo site da Anthropy Arts.

Posted on under Notícias

Deixe uma resposta